Ano XX nº 249 -
 
 

 

*Silvio Cecchetto  é presidente da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), entidade que representa o Brasil globalmente, como país membro da Federação Dentária Internacional (FDI) e está à frente da ação mundial Sorria para a Vida no Brasil, que acontece simultaneamente em 200 países desde 2014

Artigo - Silvio Cecchetto

Edição 249 - 26/07/2018

 

A importância de escolher
bons candidatos para a
Saúde e a Saúde Bucal

O papel do cirurgião-dentista vem se tornando dia a dia mais relevante perante a Saúde, a Saúde Bucal, a sociedade e a ciência. É inegável, na atualidade, ignorar o papel que a Odontologia ocupa frente à manutenção de uma vida saudável e a inter-relação que mantém com todo o organismo humano. Os avanços da Odontologia Esportiva e da Odontologia Hospitalar são apenas dois exemplos positivos que custaram muito empenho de toda a categoria.

Mas além deste aspecto positivo, temos que ocupar também uma posição de protagonismo e responsabilidade nas questões políticas do Brasil, abrindo-se aí um leque de atuações, em todas as instâncias, que podem nos tornar autores na defesa da Saúde Bucal na Saúde Pública, por exemplo. Nos últimos anos, devido às mudanças ocorridas na Política Nacional de Saúde Bucal (PNSB), o chamado Brasil Sorridente como o conhecemos, praticamente acabou e este é apenas um dos aspectos  a que devemos nos dedicar.

Afinal, somos um contingente formado por mais de 300 mil cirurgiões-dentistas e temos que exercer nossa força política para a defesa do sorriso brasileiro, a partir das políticas públicas que deveriam preservá-lo. Ao propor esta reflexão nesses tempos tão difíceis que o Brasil vem atravessando, cabe a mim e à Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD) um gesto de responsabilidade perante a classe e a proximidade das eleições, ao qual não poderia me furtar diante do papel que exerço como profissional, como dirigente e como cidadão.

Neste cenário que envolve a Saúde e a Odontologia, há pessoas como, por exemplo, o dr. Gilberto Natalini, médico e ambientalista, que mesmo não sendo cirurgião-dentista fez leis que auxiliam a Saúde Bucal, e o nosso colega dr. Claudio Miyake, cirurgião-dentista e presidente licenciado do CRO-SP, ambos de notória representatividade e competência.

Vejamos: como a Odontologia e a Saúde andam cada vez mais integradas e alcançando novos patamares como a Odontologia Hospitalar e a Odontologia Esportiva, como deve ser para o bem-estar completo do ser humano, o dr. Natalini é um personagem que tem auxiliado nossa profissão nesta direção. Vereador, autor da Lei 16.860/18/PL584/16, sancionada, cuja proposição torna obrigatório o atendimento bucal para pacientes hospitalizados, que se soma ao PL 16.830/16, que institui a Política Municipal de Proteção à Saúde Bucal de Pessoas com Deficiência. Natalini  com certeza merece a atenção da classe odontológica para disputar cargo na Câmara Federal.

Já o cirurgião-dentista Claudio Miyake,  como todos sabem, já trilha o caminho político e institucional com êxito tanto em postos-chave da profissão – como presidente do CRO-SP (duas gestões e licenciado agora da terceira), como secretário da Saúde de Mogi das Cruzes, sua cidade natal,  reeleito vereador, também em Mogi, entre outros  tantos que possibilitam influenciar positivamente  a nossa profissão, o cirurgião-dentista e a saúde bucal da sociedade, poderá fazer muito pela Odontologia na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Testemunhamos seu esforço e dedicação às causas da Saúde Bucal  e da profissão, e é dele a frase “se salvar uma só vida humana nosso trabalho valerá a pena”, ao incentivar com sua presença constante as mais de 80 ações da Campanha Sorria para a Vida da ABCD, feitas para a detecção precoce do câncer bucal e que já salvou 1.800 vidas.

Entre tantas outras iniciativas de destaque de Miyake está o movimento político suprapartidário Juntos pela Odontologia, lançado neste ano, durante o Ciosp. Sabemos da necessidade da Odontologia se articular em todo o Brasil para promover a Saúde Bucal da população e acredito que esta ação iniciada por Miyake será a semente que precisamos para alavancar a promoção da Saúde Bucal e para a valorização da Odontologia em todo o território nacional.

Frente ao conturbado momento que atravessa o Brasil, a proximidade de eleições para postos importantes no quadro político e em face do grave cenário social do nosso país, devemos escolher com seriedade e retidão os postulantes a cargos públicos e procurar aqueles que confiamos e acreditamos ser capazes de decisões acertadas e responsáveis.

Sabemos que vamos enfrentar problemas sérios, mas temos que ter o compromisso de escolher quem nos representará com honradez. Com certeza nós, cirurgiões-dentistas teremos em Claudio Myiake o ser humano honrado, que sabe sobre as dores e as alegrias da nossa profissão, sobre as doenças que afligem a população devido à falta de atenção bucal e o papel da Odontologia na saúde humana. Assim como também devemos acreditar que Natalini terá sempre o melhor desempenho porque dá valor à vida como ela deve ser, desde o Meio Ambiente à Saúde Bucal, em hospitais e para pessoas com deficiência.

 Por esta s razões, a meu ver, a Odontologia merece ter estes representantes dignos que vão defender os interesses da Saúde Bucal e da Saúde da população, com responsabilidade e ética, dois componentes de muito valor nos tempos atuais.

 

 

 

 

3º Setor | Anuncie | Arquivo JSO | Bastidores | Estatística | Expediente | Legislação | Fale com o JSO | Mural/Cartas | Utilidade Pública

Copyright @ 1999 Edita Comunicação Integrada. Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização por escrito.
Melhor visualização 1024x768pixels