O mais importante evento de Telemedicina e Saúde Digital da América Latina ocorre de 3 a 6 de abril de 2019, organizado pela Associação Paulista de Medicina, com o apoio do Transamerica Expo Center. Trata-se do Global Summit Telemedicine & Digital Health que vai mostrar necessidade do setor saúde e seus profissionais adotarem as tecnologias de informação e comunicação (TICs) para maior segurança, qualidade e efetividade dos cuidados aos pacientes. Talvez o exemplo mais comum seja o da adoção do prontuário eletrônico por hospitais ou clínicas. Não ter ou usar um, indica uma distância grande e muito arriscada de uma boa prática da medicina.

A telemedicina está hoje de tal forma difundida e integrada à prática usual da assistência aos pacientes que, em países como os Estados Unidos, vem sendo substituída, aos poucos, por termos como “cuidados conectados” ou “saúde conectada”. No evento anual da American Telemedicine Association, em maio deste ano, em Chicago, a Kaiser Permanente, um dos maiores sistemas verticalizados de saúde daquele país, mostrou que das 110 milhões de consultas realizadas em 2017, 52% foram virtuais. Ou seja, uma importante consolidação das ferramentas tecnológicas para a assistência às pessoas a distância.

Em todas as especialidades médicas é possível aplicar, de alguma forma, estratégias de telemedicina, seja para promoção e prevenção à saúde, diagnóstico, tratamento ou reabilitação de pacientes.

MAIS INFORMAÇÕES
https://www.telemedicinesummit.com.br.