Entre 30 de dezembro e 16 de março de 2019, em comparação ao mesmo período de 2018, cresceram 264% os casos de dengue no Brasil, com maior concentração no Estado de São Paulo, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

O sistema de vigilância de estados e municípios e toda a população devem reforçar os cuidados para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 109,9 casos/100 mil habitantes até 16 de março deste ano.