O que é preciso para chegar aos 100 anos de vida, saudável? Pesquisa da AARP Foundation/ Universidade de Michigan (EUA) aponta que para os idosos é importante manter e fortalecer os laços com as pessoas, sejam elas da família ou amigas. Também indica que cuidadores, cônjuges, filhos adultos e outros envolvidos na vida dos idosos têm um papel a desempenhar no encorajamento e facilitação dessas conexões. À medida que envelhecemos a mobilidade ou a audição se tornam mais uma barreira, destacada a pesquisa.

Os dados indicam o isolamento social é tão nocivo para a saúde quanto à obesidade e o tabagismo. Já idosos de baixa renda ou que se identificaram como LGBT apresentavam um risco ainda maior de solidão.

Falta de companhia –– Outras conclusões estabelecidas pelo estudo foram que aqueles que estavam desempregados, viviam em lares de baixa renda, moravam sozinhos ou tinham um ou mais filhos morando com eles foram mais propensos a dizer que sentiam falta de companheirismo.