A chamada 3ª idade merece um novo olhar da sociedade e a reinvenção dos idosos

Para o próximo Dia dos Pais (11/8) e o Dia dos Avós que já passou (26/7) o Jornal Odonto reuniu vários temas de interesse e fontes confiáveis, mas de modo descontraído, para destacar fatos importantes dessa geração de “jovens há mais tempo”, ouvindo quem entende do assunto, como o prof. Luis Fernando Montenegro Brunetti, que além de ser o especialista que mais conhece sobre a saúde bucal dos idosos, compartilha dicas importantes para todos, pais e avós, terem uma vida saudável (1). A ideia é imaginar que tantos pais e avós trocam experiências e sabedoria para melhorar as futuras gerações. Vejam os tópicos: Dados do IBGE e Ibope apontam que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente. Cuidem-se! (2). Aqui há casos também de longevidade e de romances na “melhor idade” (3) e, a seguir, “A reinvenção da velhice e o fim da pirâmide populacional” (4). Para encerrar e inspirar, a história de afeto entre o neto que há cinco anos mantém a tradição de jantar com a avó toda semana, portadora de Alzheimer e hospedada em uma casa de repouso (5).

Boa leitura e bom aprendizado aos pais e avós.

Zaíra Barros (editora do Jornal Odonto)

 VEJA NOS LINKS ABAIXO OS TÓPICOS DESTACADOS

1 – VÁ VIVER!

2 – Uma questão de saúde bucal e autoestima

3 – Longevidade e romance

4 – A reinvenção da velhice e o fim da pirâmide populacional

5 – No Dia dos Avós, uma história de afeto para se inspirar