Os tumores de cabeça e pescoço representam o 9º tipo de câncer mais comum no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Uma das aliadas para a prevenção é a alimentação, objeto deste estudo que relacionou o hábito de consumir alimentos minimamente processados e o risco de tumores de boca, laringe, orofaringe e hipofaringe em três cidades brasileiras. Intitulado Consumption of Minimally Processed Foods as Protective Factors in the Genesis of Squamous Cell Carcinoma of the Head and Neck in Brazil, esse trabalho reuniu 1740 casos e controles com câncer de boca, laringe, orofaringe e hipofaringe residentes em Goiânia, São Paulo e Vitória.

Licopeno –  “Os vegetais e frutas estudados são compostos de elementos protetores que atuam diante do câncer”, afirma uma das autoras da pesquisa, Maria Paula Curado, head do Núcleo de Epidemiologia e Estatística em Câncer do A.C.Camargo.

Um desses elementos é o licopeno, antioxidante presente em alimentos com a coloração vermelha. Caso do tomate: quem o consumiu todos os dias diminuiu a chance de câncer de cavidade oral em 72%.

Redução  de 80%– Número maior de sucesso preventivo foi alcançado por quem se alimentou diariamente com as crucíferas como brócolis, repolho e couve – o risco de desenvolver câncer de laringe foi diminuído em 80%. Já os que apostaram nesses três alimentos de uma a duas vezes por semana viram a chance de ter câncer hipofaríngeo diminuída em 69%. Na mesma frequência, o consumo de cenoura reduziu a probabilidade desse tumor em 86%.

Bananas – Em relação às bananas, quem as comeu todos os dias diminuiu o risco de tumor orofaríngeo em 77 % em comparação aos que nunca comem. Quanto maior a ingestão de maçãs e peras, se possível diariamente, a chance de câncer de laringe será 74% menor. Por fim, alimentar-se regularmente com frutas cítricas – limão, laranja e mexerica – pode significar ter 66% menos possibilidades de um tumor de cavidade oral.

Mesmo após múltiplas análises com fatores de risco altamente reconhecidos para câncer de cabeça e pescoço, como o hábito de fumar e o consumo do álcool, o resultado é evidente.

Saiba mais

https://www5.usp.br/43997/brocolis-e-eficaz-como-alimento-auxiliar-no-combate-ao-cancer/