25/10, em comemoração ao Dia do Cirurgião-Dentista, sob a marquise da Fiesp, na Av. Paulista, das 9 às 17h

Mais forte, porque reúne entidades odontológicas brasileiras e fortalece a parceria entre elas em benefício da população, a ABCD entra em sua 100ª ação Sorria para a Vida, de prevenção de câncer bucal, trazendo o mérito de ter sido a única associação civil do país a ser escolhida para representar o Brasil na reunião da ONU, em Nova York. O Brasil foi também o 1º país das Américas a alcançar as 6 medidas de combate ao tabaco reguladas pela OMS.

Participam Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), Associação Paulista de Cirurgiões-dentistas (APCD), Conselho Regional de Odontologia-São Paulo (CRO-SP) e Federação da Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp).

25 mil atendidos Na Sorria para a Vida Já foram examinadas mais de 25 mil pessoas e diagnosticadas 1.900 lesões, encaminhadas para exame aprofundado e tratamento em hospitais conveniados, porque o câncer bucal mata se não tratado a tempo. Já trabalharam nessas ações 700 cirurgiões-dentistas voluntários.

Brasil: prevenção evitou  429 mil mortes (dados do CFO), com a redução de 46% do índice de fumantes entre 2006 e 2018. O uso do tabaco ocupa o 2º- lugar no ranking de drogas mais experimentadas no Brasil na idade média de 16 anos (meninas e meninos).

Brasil é o 1º país a cumprir metas da ONU contra o tabaco

ABCD na ONU -Agora, com a ONU colocando o Brasil como o 1º país entre 171 nações a alcançar o mais alto nível de prevenção contra o tabaco, a Sorria para a Vida fortalece ainda mais seu papel de prevenção, com todas as entidades odontológicas trabalhando no mesmo sentido, o de salvar vidas.