Pesquisadores chineses fizeram uma associação – ainda que pequena – entre atividade física e a diminuição de chances de aparecer câncer de próstata. Ainda que tal estudo não envolva os outros tumores citados anteriormente, o Inca e o Ministério da Saúde concordam que uma rotina de vida saudável, alimentação balanceada e outros cuidados pode ajudar na prevenção de diversos tipos de carcinomas.

Esta recomendação deve se estender para toda a vida: uma vida saudável, exercícios e boa alimentação, evitar o excesso de álcool, o tabagismo e o sedentarismo são importantes ações que previnem o câncer e  outras doenças.

Exame de toque – O Instituto Oncoclínicas traz Marcelo Tas como porta-voz de um vídeo educativo com o objetivo de estimular a população masculina a realizar o exame clínico de toque retal, principal ferramenta clínica de avaliação da próstata. Além disso, a ação incentiva o acompanhamento contínuo da saúde com outros testes complementares e atenção a quaisquer sinais de alerta que indiquem possibilidade da doença.

“É papel dos profissionais de saúde e entidades do segmento estimular  o acesso à informação clara e objetiva para que a população em geral busque o acompanhamento médico preventivo periodicamente”, afirma o oncologista Bruno Ferrari.