Estudo epidemiológico realizado a cada 10 anos  será feito novamente em 2020 pelo Ministério da Saúde. O objetivo é saber como anda a saúde bucal brasileira. No SB Brasil 2020 (como é chamado)  serão examinadas 30 mil pessoas, em suas casas, para alevantar os principais problemas bucais da população. O estudo será  coordenado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), sob a coordenação da profa. Efigênia Ferreira.

Para avaliar a metodologia a ser  usada  no levantamento, o MS deu início a uma consulta pública que ficará aberta até o dia 17 de janeiro próxumo. As contribuições ao projeto SB Brasil podem ser enviadas por meio de formulário eletrônico.

Segundo o ministério, com o estudo deste ano, será possível qualificar o programa Brasil Sorridente, permitindo verificar tendências, planejar e avaliar os serviços de saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O SB Brasil 2020 está em sua quinta edição e visa levantar informações para qualificar o planejamento de políticas e programas de promoção, prevenção e assistência em saúde bucal. Também será uma importante ferramenta para analisar as condições atuais de saúde bucal da população brasileira, após 14 anos do lançamento da Política Nacional de Saúde Bucal – Programa Brasil Sorridente, segundo o ministério.

Os quatro levantamentos nacionais, realizados em 1986, 1996, 2003 e 2010, contribuíram para construção da série histórica e da base de dados do perfil epidemiológico de saúde bucal da população brasileira, segundo a pasta da saúde. O levantamento será feito em todas capitais do País, no Distrito Federal e em cinco municípios do interior das regiões do Brasil.

Fonte: Agência Brasil