Setor óptico patrocinacampanha do hospital Penido Burnier para combater a covid-19 entre profissionais da saúde, uma vez que a OMS preconiza o uso de luva descartável, máscara, protetor facial e óculos de proteção para evitar a contaminação dos profissionais da saúde durante testes de covid-19, atendimento de casos suspeitos ou confirmados.

A explosão do número de óbitos e contaminações pelo novo coronavírus no mundo está gerando a falta de todo tipo de equipamento de proteção individual ou EPIs, além de insumos hospitalares básicos como álcool, respiradores, entre outros.

Esta carência no Brasil que já ocupa a 14ª posição no ranking mundial da Covid-19, segundo o Ministério da Saúde, somada à falta de teste de diagnóstico e de leitos de UTI pode levar o setor de saúde do país ao caos.

Por isso, em diversas áreas, empresas se unem para ajudar a proteger pessoas que estão à frente desta crise de saúde pública. A mobilização acontece inclusive entre profissionais da saúde. O oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, presidente do Instituto Penido de Campinas, interior de São Paulo, foi o primeiro da especialidade a se mover neste sentido. No final de março, lançou campanha de solidariedade para distribuir óculos de proteção aos hospitais e pessoas que exercem atividades de suporte à saúde, como por exemplo, vacinação.

Isso porque a falta de luvas e máscaras descartáveis multiplica o risco de contaminação caso sejam reutilizadas. O médico lembra que o coronavírus pode chegar ao sistema respiratório através do contato da mão contaminada com os olhos, que se comunicam com o nariz através do canal lacrimal. Os óculos de proteção, pondera, criam uma barreira que evita esta forma de contágio. Por isso, são recomendados pela OMS. “Afinal, muitos profissionais ficam 8 horas/dia ou mais em ambientes contaminados que exigem proteção mais rigorosa”, salienta.

No programa mundial de solidariedade – Queiroz Neto afirma que a campanha solidariedade vai distribuir 5 mil óculos de proteção aos hospitais e profissionais da região. Isso porque, a iniciativa que desde o lançamento conta com o apoio da Abióptica (Associação Brasileira das Indústrias Ópticas) e o aporte da Allprot, acaba de ser incorporada ao programa mundial de combate ao covid-19 da Essilor. Líder do setor óptico, a empresa vem desenvolvendo uma campanha global de doações para combater a covid-19 através do programa Vision For Life que tem como objetivo apoiar infraestrutura e programas sustentáveis de cuidados com a visão, para eliminar a visão deficiente. Além dos 2,2 mil óculos de proteção doados à campanha do Penido Burnier a empresa já doou 12 mil EPIs para instituições de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Amazonas, Ceará, Piauí, Paraná e Rio Grande do Sul.

Distribuição da campanha solidariedade

O oftalmologista destaca que a campanha de combate ao covid-19 do Penido Burnier já doou 1,2 mil óculos. Os beneficiados nesta primeira fase foram:

  • Rede Mario Gatti e profissionais da saúde pública responsáveis pela vacinação contra gripe
  • Hospitais Santa Casa e Beneficência Portuguesa de Amparo
  • Fundação Penido Burnier
  • HUC (Hospital Unimed Campinas)
  • Centro Infantil Boldrini que acaba de inaugurar uma ala destinada ao atendimento exclusivo de pacientes do hospital que venham apresentar suspeita ou confirmação de covid-19.
  • ONG ESD (Expedicionários da Saúde que instalou uma unidade móvel de pronto atendimento ao covid-19 na Unicamp com 10 consultórios que fazem a triagem dos casos suspeitos e encaminha os graves ao HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp.

Na segunda fase que inicia esta semana, Queiroz Neto afirma que as doações são maiores porque concentra os 3 covidários da região de Campinas nos hospitais universitários. A relação dos beneficiados inclui:

  • Sinsaúde que agrega cerca de 20 mil profissionais da saúde na região.
  • EDS recebem uma segunda doação para ser utilizada no hospital de campanha projetado por Ricardo Affonso Ferreira, presidente da ONG.
  • Hospital das Clínicas (Unicamp)
  • Hospital Universitário de Bragança Paulista
  • Hospital Universitário de Jundiaí