Dois jovens dentistas – dr.Liberato Sabóia(esq) e dr.Igor Ribeiro(dir), graduados em Odontologia pela Universidade de Fortaleza, desenvolveram um protótipo de máscara personalizada, inteiramente digital, que deram o nome de “Personal3DMask”.

A ideia consiste em utilizar a tecnologia 3D para otimizar a proteção individual contra o novo coronavírus e, além disso, de maneira sustentável, já que a impressão da máscara é realizada em impressora 3D, utilizando um filamento de PLA, que é derivado da casca da beterraba e totalmente biodegradável.

O rápido aumento nos casos de infecção gerou uma imensa falta de máscaras descartáveis no mercado, bem com o aumento o valor de venda, atingindo toda a população, mas, em especial, os profissionais da área da saúde. “Usar a tecnologia a nosso favor” é o lema dos dois profissionais quando se referem à ideia.

“A tecnologia 3D já é usada na Odontologia em diversas especialidades e na rotina dos dentistas. Nos meus atendimentos, por exemplo, os casos são avaliados clínico e digitalmente, o que me permite, em diversas situações, prever resultados e mostrá-los aos pacientes antes mesmo do tratamento ser executado”, relata Dr. Igor Ribeiro, especialista em Odontologia Estética com Lentes de Contato Dental e Harmonização Facial.

Em relação ao desenvolvimento da máscara, o cirurgião-dentista Liberato Sabóia, com aperfeiçoamento em Cirurgia e Traumatologia Oral e Bucomaxilofacial, e cursando especialização em Implantodontia, relata: “Nós temos contato com a parte digital da Odontologia desde o início da graduação”. Na parte da Cirurgia e Implantodontia, utilizamos os artifícios tecnológicos em diversos momentos, desde planejamentos reversos (protético-cirúrgico) até a confecção dos guias cirúrgicos. Os softwares utilizados, muitas vezes não exclusivos da Odontologia, apresentam ferramentas que possibilitam a individualização dos casos, como por exemplo, a personalização das bordas da “Personal3DMask”.

A Máscara Facial é projetada de forma digital,  por Escaneamento Facial. O protótipo facial gerado por esse escaneamento é feito por aplicativo no celular, de forma simples e rápida e  chega à central de trabalho dos dentistas, que iniciam uma análise detalhada da face escaneada e da qualidade do processo. A partir daí, desenvolvem o produto com o auxílio de softwares que geram a imagem 3D, individualizada de acordo com o escaneamento. Depois de pronta, pode ser enviada via internet para qualquer lugar do mundo, onde sua impressão pode ser realizada em qualquer impressora 3D (até mesmo nas mais simples).

Selamento – Entre as vantagens, eles citam o fato da máscara possuir um excelente selamento, já que é produzida de acordo com o contorno da face, promovendo, também, conforto e estabilidade. “Esses fatores contribuem para diminuir o desconforto associado a grande quantidade de horas que um profissional precisa usar esse equipamento”. Por último, a máscara é reutilizável, pois pode ser submetida à esterilização, inclusive em autoclave. “Isso representa segurança e economia a longo prazo”, relatam os jovens.

Curso – Devido à repercussão positiva causada pela Personal 3D Mask e a grande procura por exemplares, os idealizadores decidiram disponibilizar um curso de Odontologia Digital no software Meshmixer (100% gratuito) com diversas técnicas utilizadas nos casos clínicos, inclusive um tutorial completo de escaneamento facial, personalização da máscara, montagem dos filtros e impressão 3D. O curso  está disponível na plataforma hotmart para aquisição do público em geral.

Fontes:

*Dr. Liberato Sabóia, e-mail: liberato.saboia@hotmail.com / Instagram: @liberatosaboia_)

*Dr. Igor Ribeiro, e-mail: igorcm1@hotmail.com / Instagram: @igorribeiror) .

Website: https://www.odontoesteticabillrola.com.br/