O Sistema Conselhos de Odontologia evidencia, neste mês de agosto, a importância da campanha de incentivo ao aleitamento materno no Brasil – Agosto Dourado –, realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). Neste ano, as ações de promoção, proteção e apoio reforçam a relevância da participação de toda a sociedade, mas principalmente dos profissionais de saúde, com o tema: “Todos pela amamentação. É proteção para a vida inteira”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Ministério da Saúde recomendam a amamentação até os 2 anos de idade ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses de vida, mesmo para as mães que tiveram casos confirmados de covid-19. O leite materno é a melhor fonte de nutrição para bebês e a forma de proteção mais econômica e eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil, capaz de reduzir em até 13% os índices de mortes de crianças menores de cinco anos. O leite materno possui anticorpos que dão imunidade para a criança contra doenças, protegendo-as até que seu sistema imunológico esteja desenvolvido.

Além de todos os benefícios do aleitamento materno – nutricionais, emocionais, de vínculo, de imunidade –, o ato de sugar o leite da mãe estimula o desenvolvimento harmonioso das estruturas da face e do sistema estomatognático (como os músculos e os ossos envolvidos na respiração, mastigação, deglutição e fonoarticulação).

Veja vídeo da campanha no link

https://youtu.be/2YV9vuJIii8

Fonte: CFO