arquivo.gif (4656 bytes) logjornal.gif (9985 bytes)


Modelo de Gestão em Odontologia

Bernardino Marques de Figueiredo Filho *


bernardino1.gif (2813 bytes)

O atual cenário da Odontologia no Brasil, onde verificamos o número elevado de faculdades formando uma quantidade excessiva de profissionais concentrados nos grandes centros urbanos gera, sem dúvida alguma, um mercado bastante competitivo e que vem sendo marcado por queda real da remuneração do cirurgião-dentista, dispersão do exercício profissional e, de uma maneira geral, insatisfação da classe odontológica com os rumos tomados pela profissão.
 
Isto é agravado pela deficiência da formação do profissional, atualmente extremamente tecnicista, e que não adquire conhecimentos de temas fundamentais para seu planejamento de carreira, conhecimento do mercado e conseqüente sucesso profissional. Infelizmente, administração, marketing, finanças, recursos humanos, psicologia e tecnologia são temas muito pouco explorados e que fazem toda a diferença para o sucesso ou fracasso deste profissional.
 
É fundamental a conscientização da classe odontológica para o fato real da mudança da Odontologia e que, necessariamente, cada profissional também deve buscar sua adaptação neste panorama. Na perspectiva atual, competência e atualização técnica são pré-requisitos básicos e que não geram mais vantagens competitivas, ou seja, diferenciais que satisfaçam mais as necessidades de seus clientes do que a oferta de seus concorrentes.
 
Tendo esta realidade em vista, podemos afirmar que o grande diferencial estará na gestão que cada profissional procurará implementar em sua prática cotidiana.
 
O conceito de gestão em Odontologia é baseado na implementação, planejamento e metodologia de estratégias para a obtenção de soluções reais na prática gerencial odontológica e, sem a aplicação deste conceito, dificilmente o cirurgião-dentista conseguirá seus objetivos profissionais.
 
Em nossa opinião, a gestão moderna deve estar baseada em quatro grandes visões interligadas, que propiciarão um completo entendimento e adaptação do profissional à esta realidade e a este novo cenário do mercado.
 
1. Visão dos Clientes: refere-se à uma correta estratégia de marketing odontológico. É importante salientar que a formação de uma estratégia de marketing é bastante complexa, pois envolve delineamento de serviços, segmentação e definição de mercados de atuação, correta formação de preços, pesquisas de mercado e logística de atendimento, com o objetivo de captar e manter clientes lucrativos, satisfazendo-lhes as necessidades e aumentando suas percepções. Sem as definições desta estratégia, as ferramentas de marketing ( papelaria, materiais de divulgação, aspectos físicos do consultório etc...), que são importantíssimas, acabam não sendo totalmente aproveitadas;
 

2. Visão Econômica-financeira:
refere-se ao total conhecimento dos custos de seu consultório, formação de preços, aplicação de tabela de honorários, formas de pagamentos, investimentos financeiros e em tecnologia, com o objetivo de tornar o consultório uma empresa extremamente lucrativa;
 

3. Visão de Crescimento e Desenvolvimento:
se as empresas querem alcançar objetivos ambiciosos de crescimento financeiro e de ganhos de mercado, não podem estar alheias a investimentos em tecnologia e também em seus recursos humanos. Hoje é imperioso saber calcular a relação custo-benefício e o retorno esperado com a aquisição de qualquer equipamento para o consultório. Também é fundamental que o cirurgião-dentista assuma a sua responsabilidade no gerenciamento da equipe e busque conhecimentos de gestão de pessoas, como: treinamento, motivação, liderança, participação e co-responsabilidade nos resultados;


* O autor é cirurgião-dentista graduado pela Faculdade de Odontologia da USP, especialista em Administração Hospitalar e Sistemas de Saúde pela Fundação Getúlio Vargas, especialista em Capacitação Gerencial ( setor de cursos MBA ) da FEA / USP, coordenador do Curso de Capacitação em Administração e Marketing da ABENO.
E-mails para fbernard@omint.com.br


PRIMEIRA PÁGINA

EDIÇÕES ANTERIORES

ARQUIVO DE LEGISLAÇÃO

FALE CONOSCO