Ano X nº 146-

Últimas Notícias

Artigos/Crônicas

Bastidores

Cash

Corpo&Cuca

Editorial

Empresas

Lazer&Cia

Mural/Cartas

Na Rede

Pesquisa&Tecnologia

Profissão

Saúde

Saúde Bucal

3º Setor

Utilidade Pública

SERVIÇOS

Anuncie

Expediente

Fale com o JSO

Arquivo JSO

Legislação

Estatística

LINKS ÚTEIS

Agenda grátis

Clima/Tempo

Concursos

Cotações/Moedas

Horóscopo

Portal da Câmara

Portal do Consumidor

Viagens

Portal do Consumidor

Viagens


Inadimplência tem queda de
quase 6% em setembro

De acordo com dados do SPC, houve ainda um decréscimo de 4% no volume de consultas à sua base de dados, um termômetro das vendas a prazo no país.

A taxa de inadimplência caiu em setembro, acompanhando uma retração no volume de consultas, aponta pesquisa da SPC Brasil, empresa de verificação de crédito, em parceria com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). O volume de consultas à base de dados da SPC é usualmente considerado "um termômetro" das vendas a prazo no país.

A área de análise econômica da SPC ainda aponta o crescimento da oferta de emprego e a restituição do imposto de renda como os motivos que levaram à redução no atraso de pagamentos. A pesquisa de inadimplência da SPC Brasil apontou queda de 5,88% no mês de setembro, em comparação com agosto. Sobre setembro de 2008, a retração no volume de registros por atraso na SPC foi de 3,85%.

No mesmo mês, a SPC verificou um decréscimo de 4,04% no volume de consultas à sua base de dados, em comparação com agosto. Sobre setembro de 2008, a contração foi de 2,23%. Setembro é, historicamente, um mês de baixo volume de vendas porque o consumidor costuma poupar recursos para as compras de final de ano, avalia a área de análise da SPC.

Outras pesquisas

De acordo com pesquisa da Serasa Experian, empresa especializada na análise de crédito, a inadimplência do consumidor cresceu 3,9% em setembro, na comparação com o mesmo mês de 2008, menor variação anual desde junho do ano passado (de 7,1%). Mas na comparação com agosto, a inadimplência do consumidor caiu 1,7% no mês passado.

Já avançando no mês corrente, a Fecomercio-SP (Federação do Comércio de São Paulo), as famílias paulistanas estão menos endividadas e inadimplentes: a taxa de endividamento das famílias caiu de 45% para 41% desde setembro. O mesmo estudo ainda revela uma queda na taxa de inadimplência: do total de famílias endividadas, 14% declararam ter alguma dívida com os pagamentos atrasados em outubro, contra 18% em setembro.

 

Fonte: Folha de São Paulo

 

Ed.146_29/10/2009

 

Veja mais notícias de CASH

 


 


Copyright © 1999 Edita Comunicação.Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização por escrito