Ano X nº 146  -

Últimas Notícias

Artigos/Crônicas

Bastidores

Cash

Corpo&Cuca

Editorial

Empresas

Lazer&Cia

Mural/Cartas

Na Rede

Pesquisa&Tecnologia

Profissão

Saúde

Saúde Bucal

3º Setor

Utilidade Pública

SERVIÇOS

Anuncie

Expediente

Fale com o JSO

Arquivo JSO

Legislação

Estatística

LINKS ÚTEIS

Agenda grátis

Clima/Tempo

Concursos

Cotações/Moedas

Horóscopo

Portal da Câmara

Portal do Consumidor

Viagens


Pesquisa conclui: somente a água sanitária é capaz de limpar verduras e legumes

Ingerir alimentos mal lavados pode oferecer certos riscos à saúde e cada micro-organismo oferece um tipo de risco ao organismo. Para higienizar verduras e legumes, são utilizados diferentes produtos, no entanto a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor – Pro Teste concluiu: somente a água sanitária é eficaz.

A Pro Teste avaliou em laboratório os principais produtos que prometem higienizar verduras e legumes e concluiu que apenas a água sanitária conseguiu bons resultados, eliminando ou reduzindo a quantidade de micro-organismos para um nível aceitável. Ao mesmo tempo o estudo da Pro Teste concluiu que a lavagem simples com água, método mais comum, nem conseguiu reduzir o nível dos micróbios.

Para chegar a esta conclusão, foram misturadas duas colheres de sopa de água, fermentado acético de álcool, vinagre de vinho tinto, sanitizante em gotas, sanitizante em pastilhas, vinagre de maçã, agrin e água sanitária. Em seguida, mergulhou-se por meia hora um pé de alface, com as folhas destacadas, em cada uma das misturas.

Os riscos de cada micro-organismo encontrado em verduras e legumes:

Bactérias aeróbicas mesófilas  – indicam a qualidade sanitária dos alimentos. Um número elevado desses microorganismos indica que o alimento não deve ser consumido.

Bolores e leveduras responsáveis pela deterioração dos alimentos. Sua presença pode tornar-se um perigo à saúde devido à produção de toxinas.

Coliformes totais bactérias capazes de crescer à temperatura de 35 a 37 graus, por 48 horas. Podem provocar diarreias, vômitos e mal-estar.

Coliformes fecais – bactérias que apresentam a capacidade de continuar crescendo à temperatura de 44 a 45,5 graus. Quanto maior sua presença, pior é a condição higiênica do alimento.

 

Ed.146-16/10/2009

 

 

Veja mais notícias de PESQUISA&TECNOLOGIA

 


Copyright © 1999 Edita Comunicação.Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização por escrito