Ano X  nº 146  -

Últimas Notícias

Artigos/Crônicas

Bastidores

Cash

Corpo&Cuca

Editorial

Empresas

Lazer&Cia

Mural/Cartas

Na Rede

Pesquisa&Tecnologia

Profissão

Saúde

Saúde Bucal

3º Setor

Utilidade Pública

SERVIÇOS

Anuncie

Expediente

Fale com o JSO

Arquivo JSO

Legislação

Estatística

LINKS ÚTEIS

Agenda grátis

Clima/Tempo

Concursos

Cotações/Moedas

Horóscopo

Portal da Câmara

Portal do Consumidor

Viagens

Chá de camomila é alternativa terapêutica odontológica mais usada em Mato Grosso, diz estudo

Sabendo que a população de Mato Grosso tem por tradição o uso de espécies vegetais como alternativa terapêutica, os pesquisadores Aneliza Meireles, da Escola de Saúde Pública do Estado de Mato Grosso, Miriamy Macedo, do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso, e Luiz Walter, da Universidade Estadual de Londrina, investigaram quais plantas são utilizadas com maior frequência pelos moradores do bairro Santa Cruz, em Cuiabá (MT), em problemas odontológicos.

Ao entrevistar 40 indivíduos, por meio de abordagem qualitativa, os autores verificaram que as espécies mais usadas terapeuticamente são camomila (Matricaria chamomilla L.), açafrão (Crocussativus L.) e arnica-da-serra (Brickelia brasiliensis (Spreng.) Robinson). Os vegetais foram usados para erupção dentária, estomatites e dor de dente, respectivamente.

De acordo com a publicação, os pesquisadores ainda coletaram 65 espécimes que foram catalogadas e depositadas para identificação no Herbário Central da Universidade Federal de Mato Grosso. Eles identificaram que a folha foi a parte da planta mais utilizada, sendo o consumo feito predominantemente sobre a forma de chá.

Os resultados da pesquisa foram publicados este ano na Revista Sul-brasileira de Odontologia.

Fonte: Agência Notisa

Ed146: 16102009

 

 

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SAÚDE BUCAL

 

Copyright © 1999 Edita Comunicação.Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado,
transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização por escrito